CONHEÇA AS OUTRAS ACTIVIDADES 
QUE PODE ENCONTRAR NA ILHA!
Volta à ilha de barco
Volta às furnas de barco
Visita à ilha do corvo
Canyoning
Observação de Aves
A beleza natural da Ilha das Flores e a riqueza das suas águas convidam-nos para várias aventuras.

Realizamos estas actividades para grupos com um mínimo de 4 pessoas.

VOLTA À ILHA DE BARCO
Descobrir a ilha por mar... Viver as mesmas sensações dos nossos antepassados quando aqui chegaram há mais de 500 anos!
Imaginar caravelas escondidas em grutas... Conhecer as lendas de piratas... Visitas as falésias, cascatas...

Tudo isto numa viagem de 4 horas, 30 milhas náuticas, parando para nadar e observar a beleza natural da Ilha das Flores.


PREÇO: 40 euros por pessoa
 
VOLTA ÀS FURNAS
Se teve pouco tempo para visitar a nossa a ilha, esta viagem na costa leste da ilha vai levá-lo a conhecer as famosas furnas dos encharéus e do Galo.

Este circuito de barco tem a duração de 2 horas. 

PREÇO: 15 euros por pessoa

VISITA À ILHA DO CORVO
 


Visita à nossa ilha vizinha, a Ilha do Corvo, com paragem para passear e ficar a conhecer a sua famosa cratera: o caldeirão.

PREÇOS: 
Visita à Ilha do Corvo 30 euros por pessoa

 
CANYONING NA ILHA DAS FLORES

O canyoning é uma actividade desportiva e de lazer que consiste na descida de cursos de água encaixados e com fortes declives, recorrendo a rapel, saltos, destrepes ou tobogãs para transpor os obstáculos. Esta actividade de água e de montanha permite descobrir paisagens fascinantes e inclui uma componente lúdica muito atractiva.
Devido à abundância de água e a um clima ameno é possível praticar esta actividade durante quase todo o ano, sendo o melhor período entre Abril e Outubro, embora sempre condicionado ao estado de tempo e ao caudal das ribeiras.

 

Esta actividade pode ser praticada por especialistas em autonomia, ou por outras pessoas que recorram aos serviços de empresas locais. Para grupos em autonomia é essencialmente informarem-se adequadamente sobre os percursos, levarem o equipamento adequado, comunicarem para onde vão e consultarem as condições meteorológicas e do estado do mar, quando a saída for condicionada pelo mesmo.

Os Açores são um arquipélago situado na crista Média Oceânica de origem vulcânica e constituído por 9 ilhas, das quais três apresentam excelentes condições para a prática de canyoning: São Miguel, São Jorge e as Flores.

Esta é uma actividade recente nos Açores, pelo que a informação e os serviços são ainda escassos, sendo expectável que a situação se modifique rapidamente. Está prevista a edição de um guia de percursos de canyoning em 2009, e é possível obter informação junto de empresas locais especializadas e no site da Associação Desnível ( www.desnivel.pt ) ou no ZoomAzores ( www.zoomazores.net ).

A ilha das Flores é a ilha que apresenta maior potencialidade para a prática de canyoning nos Açores, devido à abundância e diversidade de itinerários, a uma paisagem impar e a ambientes de grande imponência.

A Ribeira do Ferreiro foi o primeiro itinerário de canyoning explorado na ilha, em 2004, por Francisco Silva , Paulo Alves , Maria do Céu Almeida, Pedro Simão e Pedro Vieira , durante a 1ª Expedição de Canyoning nas Flores, organizada pela Associação Desnível.

No inicio de 2009, após cinco expedições e um estágio organizados pela Desnível, passaram a existir mais de três dezenas de percursos equipados, sendo em suficiente abundância e diversidade para colocarem esta ilha em local de destaque em termos internacionais para a prática desta modalidade desportiva.

Na sua generalidade, os percursos abertos, são de grande beleza e apresentam níveis de dificuldade muito diversos. Por um lado existem percursos caracterizados por grandes verticais, destinados a técnicos experientes e muito apelativos aos praticantes regulares desta modalidade. Existem ainda percursos de dificuldade média, com algumas piscinas naturais e verticais relativamente elevadas e, finalmente, alguns bastante acessíveis e por isso com grande interesse para a animação turística.

texto de Francisco Silva

 
OBSERVAÇÃO DE AVES

A actividade de observação e identificação de aves (“birdwatching”) é uma actividade em expansão, que conta já com centenas de milhares de adeptos em todo o mundo.
Muitos observadores de aves procuram frequentemente locais onde possam encontrar aves interessantes.
A posição privilegiada das ilhas do Grupo Ocidental do Arquipélago dos Açores torna-as um local, onde é grande a possibilidade de observação de raridades.
Tal realidade é suficientemente mobilizadora, para que muitos observadores de aves visitem os Açores, sobretudo no final do Verão e no Outono, época propícia na busca de espécies migradoras.

Estas aves representam um precioso tesouro do património natural insular. A avifauna que existe nestas ilhas, na actualidade, representa uma página da história Natural, de milhares de anos que envolve a adaptação e origem das aves no Arquipélago dos Açores. O seu desaparecimento é uma perda irrecuperável de um importante recurso natural.

texto de Paulo Faria



Se quiser saber mais sobre o nosso Hotel, as nossas actividades, ou pedir informações sobre pacotes de férias para grupos, envie-nos um email!

Também organizamos saídas de mergulho. 
Para saber mais, visite o nosso centro de mergulho!